Save Staters, cheaters e os tempos modernos

Voltando ao assunto tempo, um assunto que, volta e meia, se torna polêmico no meio gamer, são as pessoas que usam o Save State para finalizar um certo jogo. Seria esta uma prática legal ou poderíamos dizer com a boca cheia que o jogador que usa o Save State é um cheater?

Bom, antes de mais nada, devemos levar a questão para duas vertentes, uma delas se dá as pessoas que tem um momento curto para poder jogar os seus games e aqueles que usam o Save State a cada 10 segundos para ter mil vidas ou não errar um caminho n ou, quando morrer, voltar ao estado anterior.

Nunca usei Cheat

Diga não ao Save State Cheat Mode!

Creio que na 1ª passagem, o que temos são pessoas que querem curtir os seus games, mas são impossibilitados, de um modo geral, com a vida corrida que está sendo os dias de hoje. Na verdade este são os gamers que, quando crianças, tinham todo o tempo do mundo e agora mal tem tempo para coçar o saco e, por ventura do destino, tem um e outro momento para poder sentar na cadeira, sofá, deitar na cama e etc e tal, para poder ter um momentos a sós.

Esta categoria de jogadores, por mim, é passível de usar o Save State para poder continuar este ou aquele jogo um outro, pois, os jogos de consoles antigos necessitam de uma atenção especial para que o mesmo seja jogado -, à epoca, eram poucos os jogos que tinham a opção de password e só “recente” a opção de save via batéria e/ou memory card foi incorporado nestes jogos -, pois se faz necessário ter várias horas disponíveis para poder jogá-los a contento.

Quem aqui, depois que começou a trabalhar, conseguiu finalizar Kid Chamaleon numa só tarde sem o pensamento arrependido de ter perdido uma tarde inteira podendo fazer outras coisas? Ou, na verdade da verdade, quem aqui finalizou Kid Chamaleon numa tarde só quando criança e/ou adolescente? De uma pergunta a outra, sabemos o quão grande é este jogo e ele é um exemplo perfeito de como os jogos requerem uma atenção especial.

Eita nois, cade o Save State?

Consegue me encarar sem Save State mané?

E do outro lado, os jogadores atuais, acostumados com saves e tudo o mais, que jogam consoles antigos e usam a avançada técnica de save state para finalizar um jogo, será que eles são cheaters? Da minha perspectiva, sim, eles são, e não, não o são.

Parece algo complicado e um tanto complexo de se perceber a linha tenuê de um cheater de verdade e um gamer que quer finalizar um jogo usando os recursos modernos que os atuais emuladores nos expõe. Tudo se torna mais fácil com o save state, mas, também, o prazer do jogo tende a diminuir porque, antes se concentrando em apenas um jogo, agora você tem n jogos a disposição para ir “finalizando” aos poucos.

O problema não é o uso do save state para facilitar a vida do gamer para curtir alguns ou vários jogos, o problema está quando o save state deixa de ser uma ferramenta interessante e se torna um cheat mode implicito para dezenas de milhares de jogadores que não aceitam perder e ficam salvando todas as suas ações a todo o momento e quando fazem uma cagada, voltam ao estado anterior.

Antes quase eu fosse um save Stater, quase, mas os jogos online – CSS, Team Fortress, L4D2 – me ensinaram que nem sempre o Save State se salva, mas sim a sua habilidade num jogo.

Depois disso tudo, eu pergunto, você é um sem-tempo, um save stater iniciante, inveterado ou cheater?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s