Remake! Será que precisamos disso?

Essa e uma pergunta que tenho me feito muito nos últimos tempos e acredito que muito gamers por ai também se perguntam o mesmo. Com a safra de falta de imaginação e boas ideias para fazer um jogo, as empresas acabam pegando seus títulos de maior sucesso no passado e tentam empurrar ou coletâneas com os antigos títulos ou coisas grotescas chamados remakes.

E sim, não posso deixar de falar do mascote da SEGA, sim ele mesmo, o Sonic que ganhou os jogos mais grotescos dos últimos tempos. Não posso dizer grotescos graficamente, mas sua programação e bem diferente dos títulos que todos jogaram nos consoles 16 Bits. E por incrível que pareça mesmo com mais recursos e tecnologia a mecânica do jogo é inferior a do original de 1991 e isso graças a falta de habilidade da SEGA atual em desenvolver algo que agrade os fãs sem perder o apelo de novo.

Sonic 4 muitos afirmam ser um ótimo jogo, mas não foi lucrativo para a SEGA

Porém não é só de bucha de canhão que vivemos hoje, alguns remakes surpreenderam como no caso do Bionic Command Rearmed, basicamente uma sequencia do jogo de NES, trazendo todos os elementos que há muito fizeram sucesso. Com um jogo consistente, bonito e jogabilidade nota 1000. Mas admito, que estou cansado de coletâneas que ficam soltando e jogos meia boca, já que a febre do momento são os jogos tão reais que somente um estilo predomina em sua grande maioria.

Esse sim e um jogo que foi atualizado de tal forma que ganhou meu respeito

E nem acredito que estou dizendo isso, mas a Nintendo não chegou a fazer remakes de seus grandes sucessos, ao contrario, sempre inovou e trouxe algo novo para os fãs sem perder o apelo de seus personagens, nem a jogabilidade e a sensação de estarmos realmente jogando uma nova aventura sem a necessidade de refazer algo, na qual, já ter trazido lucros e sido bem feito. Mas também acho que a Nintendo se arriscou bem pouco ficando sempre com seus protagonistas que davam sucesso e se formos ver ela só tem 5 ou 6 franquias que realmente se dedica. Quem sabe agora com o lançamento de Kid Icarus eles aprendam a aproveitar mais e fazer o mesmo que fizeram com Mario, Zelda, Metroid e Donkey Kong.

Nintendo fazendo bonito mais sempre sendo conservadora até o limite

Não podia deixar de falar de dois jogos que também joguei com essa proposta do remake, Splatterhouse e Rocket Knight Adventure. O primeiro e um verdadeiro fiasco algo que nem deveriam ter tentado, já que toda a dinâmica do jogo mudou, nada relevante ficou a não ser que e possível jogar as versões antigas quando se vence o jogo… Acho que é a única coisa boa de verdade. E o jogo de nosso tatu preso a um foguete não chegou a ser ruim, mais não agradou nem os fãs antigos e nem empolgou a nova geração sobre esse jogo, acredito que o jogo em sua forma antiga é capaz de arrancar suspiros do mais novos dos gamers atuais.

Erro e tentativa por quê essas empresas de games não aprendem

Há poucas semanas acredito que boa parte dos aficionados por jogos viu que existe a grande possibilidade de ser lançado um Remake de Double Dragon. Mais nem seria um remake de fato e sim uma atualização, uma repaginada no jogo, porém, não acredito que um jogo emblemático como esse merece ser detonado ou não dependendo da capacidade da empresa que se colocou na tarefa de fazer essa façanha. O jogo foi o primeiro beat n´up com 2 jogadores simultâneos, trazendo uma jogabilidade dura porém viciante, combinação de botões, uma gama enorme de movimentos possíveis e a violência algo que no seu ano de lançamento nunca tinha sido visto o grau de realista e o quanto uma geração foi reproduzida em um jogo.

Será que teremos algo jogável ou mais uma tentativa e erro de outra empresa de games

Mais eu já aviso, eu não sou muito fã de remakes, respeito quem gosta e acredito que alguns ficam muito bons, mas eu preferia ver os jogos remasterizados, recheado de extras com o trabalho original dos criadores dos jogos. Opções de musica arranged ou original fazendo com que os titãs do passado voltassem para retrabalhar seus grandes sucessos, imaginem o Yuzo Koshiro fazendo versões arranged de Street of Rage com todo o jogo remasterizado, recheado de fotos e comentários dos produtores originais. Isso sim seria algo que mesmo quem não jogou aproveitaria e aprenderia que grande parte do que temos hoje em dia no quesito indústria de games nasceu há muito, muito tempo atrás. E não se acanhem, eu sempre peço a opinião de todos e hoje não será diferente. Então amigos que acompanham nosso site e aficionados, deixem suas opiniões ai nos comentários.

Por Celso Affini

Anúncios

2 comentários em “Remake! Será que precisamos disso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s